Arganil aprova Orçamento Municipal de 24,4 milhões de euros para 2022

Posted by

A Assembleia Municipal de Arganil aprovou no sábado, por maioria, o Orçamento do município, que será de 24,4 milhões de euros para 2022, mais um milhão do que no presente ano, foi hoje anunciado.

O Orçamento Municipal de Arganil, que já tinha ido a reunião do executivo, foi aprovado em Assembleia Municipal, com seis votos contra dos deputados do PS e da CDU, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, Luís Paulo Costa (PSD).

O responsável esclareceu que um município como Arganil tem “uma dependência muito grande dos financiamentos” e salientou que o acesso ao novo quadro abre uma porta para “um conjunto de projetos, da área da proteção civil à cultura ou infraestruturas”.

Luís Paulo Costa chamou a atenção para a verba canalizada para o ordenamento do território, onde está prevista a reabilitação da galeria hidráulica da Ribeira de Amandos (investimento de 1,5 milhões de euros) e a segunda fase de reabilitação do espaço público da vila de Arganil, com destaque para a possibilidade de reabilitação do Teatro Alves Coelho (quatro milhões de euros).

“O Teatro Alves Coelho foi emblemático e teve um papel cultural muito relevante na cidade e na região. Está fechado desde 2001, é um espaço com uma arquitetura emblemática, e, para além de reabilitar o espaço, o maior desafio é fazer o relançamento do teatro, como polo de dinamização cultural de toda a região”, frisou, apontando para a possibilidade de aquele espaço poder depois integrar a rede nacional de teatros.

Apesar de ainda não ter financiamento assegurado, o autarca disse acreditar que será possível encontrar um meio de apoiar a reabilitação do teatro, que poderá funcionar como “catalisador para as indústrias criativas do concelho”, recordando que o município está também a trabalhar, ao mesmo tempo, na criação de um espaço para residências artísticas.

Luís Paulo Costa realçou também uma aposta forte do município “na área turística” e também no desenvolvimento económico, de forma a conseguir atrair investidores no concelho e fixar os jovens naturais de Arganil.

O documento prevê uma requalificação do Parque Municipal de Campismo de Arganil, no Sarzedo, a reabilitação e alargamento da rede de praias fluviais, criação de percursos cicláveis, a conservação do património natural da Peneda da Talhada, a melhoria da acessibilidade à Fraga da Pena, a substituição da ponte suspensa da Foz d’Égua, assim como a valorização do acampamento romano da Lomba do Canho.

Já na área do desenvolvimento económico, 2022 será o ano da conclusão da ampliação da Zona Industrial da Relvinha, que recebeu um investimento de 5,5 milhões de euros.

O documento para 2022 prevê ainda a instalação do Centro Municipal de Proteção Civil, a modernização da Escola Secundária de Arganil e a requalificação da rede viária (1,3 milhões de euros).

Em 2022, o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) vai manter-se na taxa mínima de 0,3%, sendo também assegurada a devolução de 5% de IRS a que o município teria direito e 0% de derrama sobre o lucro das empresas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.