Plataforma para promover saúde mental nos estudantes vence prémio em Coimbra

Posted by

Uma plataforma para agregar eventos promovidos por estudantes e para prevenir problemas de saúde mental junto da comunidade académica foi a ideia vencedora do Coimbra Innovation Dais, hoje anunciada.

A proposta passa por criar o projeto já integrado em plataformas existentes como a inforestudante ou UC Student, permitindo agrupar atividades que são promovidas pelos alunos da universidade, ao mesmo tempo em que é trabalhada a saúde mental, quer o tratamento, quer a sua prevenção, disse aos jornalistas a equipa composta pelos estudantes Kevin Leandro, Jeferson Filipe, Milena Alves e a investigadora Susana Paixão.

Com formação em áreas tão distintas como ciências da computação ou economia, a equipa propõe também que seja possível para os serviços de ação social, através da plataforma, encaminharem estudantes para instituições e organizações que dão resposta na área da saúde mental.

O projeto, salientou Kevin Leandro, não está apenas centrado no tratamento, mas também na prevenção, estando prevista igualmente literacia sobre saúde mental na plataforma, de forma a “desmistificar” o tema.

Intitulada MyCare, a ideia da agenda que agrupa eventos procura também combater o isolamento social e sinalizar atividades ou eventos que de outra forma os alunos desconheceriam.

“Não queremos só atendimento individual, mas [propor] eventos, atividades de grupo. Até porque, às vezes, há algo que ocorre noutro departamento, mas não se sabe e o isolamento social perdura para fora da pandemia”, frisou Jeferson Filipe.

“Se conseguirmos esta concentração de eventos, para além dos serviços de instituições parceiras, o isolamento pode ser dirimido”, realçou.

O Coimbra Innovation Days, iniciativa organizada pela Universidade de Coimbra em colaboração com o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), Direção-Geral da Saúde e Câmara Municipal, desafiou estudantes do ensino superior a procurarem soluções para problemas na área da saúde.

Ao longo das últimas duas semanas, os participantes receberam formações e procuraram resolver desafios concretos propostos pela Direção-Geral da Saúde, muitos deles relacionados com a saúde mental.

A ideia vencedora vai agora competir na final do evento internacional da rede EIT Health.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.