Piscina de Mira vai ter requalificação energética profunda

A adjudicação da obra de requalificação da Piscina Municipal de Mira foi aprovada em reunião de Câmara, na passada quarta-feira.
O intuito da intervenção é melhorar a eficiência energética da piscina, refere nota enviada pela autarquia mirense. A empreitada inclui a instalação de uma caldeira a biomassa para aquecimento da água da piscina, de um sistema de desumidificação e ainda de sistemas técnicos auxiliares (eletrobombas e GTC). Adicionalmente, está prevista neste investimento a instalação de painéis solares térmicos e fotovoltaicos, destinados a aquecer as águas sanitárias e alimentar a rede elétrica do edifício.
Trata-se de um investimento de cerca de 550 mil euros, cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Centro 2020. O início da obra está previsto para o começo de 2022.
O comunicado à imprensa refere ainda que vai ser também feita a alteração de toda a iluminação por equipamentos mais eficientes, assim como a cobertura do plano da água.
Para o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida, “a intervenção que vai ser feita na piscina é muito importante porque falamos de um edifício já antigo, a precisar de remodelação. Num ano recuperaremos o investimento efetuado, o que se traduz numa poupança energética muito grande e positiva, tanto do ponto de vista económico quer ecológico”, indica, citado na nota.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.