Obras projetam Escola Secundária Cristina Torres para o século 21

Posted by

“Foto: DR”

A segunda e última fase da beneficiação da Escola Secundária Cristina Torres, em curso, confere-lhe mais conforto térmico e acústico. Com esta intervenção, o estabelecimento de ensino, inaugurado há 35 anos, reúne condições do século 21. Quem o disse foi o diretor, Maomede Cabrá.

“Com esta intervenção, vai ficar uma escola do século 21, adaptada, com uma pegada ecológica mais sustentável, mais humanizada. A nível de conforto térmico e acústico nas salas de aulas, é um ganho muito bom”, afiançou Maomede Cabrá. O diretor acrescentou que a Escola Secundária Cristina Torres “pretende manter este nível de atualização”.

Neste momento, estão a decorrer trabalhos nas salas que não foram intervencionadas na primeira fase, que aconteceu há dois anos e meio. A intervenção incide na instalação de tetos falsos, iluminação “inteligente” e mais amiga do ambiente. E, ainda, no piso vinílico, que proporciona conforto térmico e acústico.

O caderno de encargos inclui, também, caixilharia com vidro duplo, canalizações, pintura, redes de água e esgotos e um sistema de aquecimento. Entretanto, está a ser resposta a estufa, atingida, em 2018, pela tempestade “Leslie”. Para o fim fica o asfaltamento das zonas de recreio.

Notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS de 25/11/2021

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.