Invisual pede ajuda para reconstruir casa destruída em incêndio

Posted by

Adelina Carvalho, septuagenária invisual que reside em Sacões de Cima, freguesia de Vila Nova do Ceira, concelho de Góis, ficou desalojada, na passada segunda-feira, na sequência de um incêndio que deflagrou na cozinha da sua casa, estendendo-se às restantes divisões.

A viver agora em casa de um irmão, e com a única filha emigrada em França, a reformada, que apenas ficou com a roupa que vestia na altura, apela para que, quem puder, a ajude com um donativo.

“O meu grande e único sonho era ter o meu cantinho, a minha casinha de volta”, contou ao DIÁRIO AS BEIRAS Adelina Carvalho. Nasceu invisual e, durante quase 25 anos, trabalhou numa fábrica de papel que havia em Ponte de Sótão (concelho de Góis).

Uma conta solidária foi aberta para a recolha dos donativos, cujo IBAN é o PT50 0045 3453 4034 8054 6553 8.

 

(Ler reportagem completa, da jornalista Lurdes Gonçalves, na edição em papel do DIÁRIO AS BEIRAS de 15 de novembro de 2021)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.