Concelhos em risco elevado e muito elevado aumentaram esta semana para 89

Posted by

FOTO DR

O número de concelhos em risco elevado e muito elevado de infeção pelo vírus SARS-CoV-2 aumentou substancialmente esta semana de 55 para 89, estando em risco extremo quatro municípios, indicou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado avança que Mora e Murça entraram esta semana no nível de risco extremo de infeção, com uma incidência acumulada a 14 dias (entre 04 e 17 de novembro) de 1.338 e 982 casos respetivamente, mantendo-se nesta categoria os concelhos de Marvão (2.451) e Pampilhosa da Serra (967).

Relatório 19 Novembro 2021

O risco extremo de infeção ocorre quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias acima dos 960 casos de infeção por 100 mil habitantes.

Nos concelhos em risco muito elevado de infeção, ou seja, com uma incidência de entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes, o número de municípios neste nível duplicou numa semana, passando de oito para 19.

Também a subir estão os concelhos em risco elevado (entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes a 14 dias), já que o boletim contabiliza hoje 70 concelhos nessa categoria, enquanto no relatório anterior eram 47.

Segundo o boletim, entre os 120 e os 239,9 casos por 100 mil habitantes a 14 dias estão 96 concelhos, mais 15 do que na semana anterior.

O número de concelhos com uma incidência de zero casos continua a diminuir e são agora 13, menos cinco do que o registado pela DGS há sete dias.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.