Comércio exterior da China continua em expansão

Dados divulgados pela Administração Geral das Alfândegas da China, mostram que nos primeiros três trimestres do ano passado, o valor total das importações e exportações do comércio exterior daquele País atingiu 28,33 triliões de yuans, representando um aumento de 22,7% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O primeiro motivo para o bom desempenho do comércio exterior consiste na boa base da economia chinesa. Desde o início deste ano, os principais indicadores económicos do país mantêm-se todos em crescimento.

A produção interna e a procura do consumo contribuíram significativamente para a expansão do comércio externo.

O segundo motivo consiste nas políticas eficazes. O governo chinês promoveu este ano uma série de medidas para estabilizar o comércio externo, incluindo o desenvolvimento acelerado de novos setores e modelos de comércio com o exterior, o aprofundamento das reformas para a facilitação de comércio transnacional e a reforma e inovação das zonas de livre comércio. Por exemplo, nos primeiros três trimestres, a balança comercial nas zonas de isenção de impostos registou um crescimento de 26,3%; e nas zonas de livre comércio esse valor chegou a ter uma subida de 27,6%.

A melhoria do ambiente exterior também contribui para o comércio exterior chinês. Recentemente, a economia e o comércio global recuperaram, reforçando a procura externa. As estimativas do Fundo Monetário Internacional preveem que o crescimento económico global será de 5,9% este ano, e o comércio mundial, de 10,8%.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.