PJ deteve homem de 24 anos em Coimbra por abuso sexual de menina de 10 anos

FOTO DB – ARQUIVO LUIS CARREGÃ

Um homem de 24 anos ficou em prisão preventiva depois de ter sido detido por suspeita de abuso sexual de uma criança de 10 anos em Coimbra, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Fonte da Diretoria do Centro, que procedeu à detenção, disse hoje à agência Lusa que os abusos decorreram num quadro de grande confiança e bom relacionamento com a família, numa localidade encostada à cidade de Coimbra.

“Os primeiros abusos começaram quando a criança tinha sete anos e foram evoluindo, sempre num contexto de brincadeira e de grande confiança, mas a menina vai reagindo de forma diferente à medida que cresce e contou à mãe”, explicou a mesma fonte.

Os abusos, acrescentou, ocorreram durante cerca de três anos na casa da vítima, no seu quarto, no seguimento de “um excelente relacionamento do detido com a família”.

O suspeito, solteiro e trabalhador no setor da hotelaria, foi detido no dia 27 de setembro e presente a tribunal no dia seguinte, que lhe decretou como medida de coação a prisão preventiva.

Segundo a Diretoria do Centro, “foi um caso tratado muito rápido, em menos de uma semana”.

O detido, que residia próximo da casa da vítima, não tinha antecedentes criminais.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.