Mira: Raul Almeida exige ao Governo medidas para sistema hídrico do concelho

Posted by

“Foto: Pedro Ramos”

O presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida, afirmou, na tomada de posse para o terceiro e último mandato, que a qualidade ambiental do concelho é uma das suas prioridades. Para que este desiderato possa ser cumprido, porém, devem ser solucionados os problemas do sistema hídrico. “Continuaremos a pressionar o Governo para a rápida construção da estação de tratamento de águas residuais projetada para as Cochadas, com vista à resolução definitiva do problema das descargas”, garantiu.

Entretanto, afiançou o edil, o executivo camarário de Mira irá exigir a “adoção imediata de medidas mitigadoras dos problemas que se verificam no sistema hídrico”. Mas há mais exigências dirigidas ao Governo. “Vamos pressionar, insistir e agir enérgica e firmemente junto das entidades e ministérios competentes acerca das descargas sobre o sistema hídrico. Vamos exigir a realização de um estudo onde se avalie e meçam os eventuais prejuízos provocados no sistema hídrico do concelho, visando o ressarcimento dos danos causados”, adiantou Raul Almeida.

Mantendo o acento tónico no ambiente, Raul Almeida quer “assegurar que todo o Concelho de Mira tem acesso a saneamento básico, concluindo a operação já em curso na Freguesia do Seixo e, prosseguindo, com a ABMG [empresa intermunicipal de água], à abertura de novas empreitadas para as restantes zonas”.

Outras das prioridades do renovado executivo camarário de Mira é a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM). “A câmara criará um conjunto de medidas capazes de motivar e incentivar a intervenção dos proprietários, investidores e promotores imobiliários. Vamos concluir a revisão do PDM, promovendo uma atualização da gestão do território e do acesso à habitação, auscultando os vários agentes locais”, asseverou o presidente.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.