Ministro da Defesa Nacional visitou Observatório Espacial em Pampilhosa da Serra

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, visitou o Observatório Espacial de Pampilhosa da Serra, uma estrutura localizada na aldeia de Porto da Balsa, que recebeu recentemente a instalação de um telescópio que está ao serviço do Ministério da Defesa.
A função deste aparelho, que foi apresentado nas vertentes teórica e prática, passa por rastrear e detetar satélites, assim como para monitorizar os detritos espaciais que podem provocar danos nesses satélites.
João Gomes Cravinho salientou que a defesa nacional precisa de ter “arte e engenho para desenvolver capacidades de custo relativamente baixo”, tirando proveito de “particularidades geográficas” e de caraterísticas como as de Pampilhosa da Serra, para “criar novas oportunidades sempre de duplo uso: potencialidades militares e possíveis utilizações civis”.
Dando o exemplo da NATO, da União Europeia e até do Instituto de Telecomunicações ou do Poder Local, João Gomes Cravinho frisou que “para a defesa é sempre muito importante” a “cooperação com outras entidades” que “ajudam a desenvolver as diferentes valências”.
O ministro elogiou ainda “a forma muito certeira” com que o executivo municipal “tem olhado para as potencialidades desta região”, nomeadamente pelo “aproveitamento de uma oportunidade que há uns anos atrás ninguém imaginaria que fosse relevante para o desenvolvimento de Pampilhosa da Serra”, expressou.
O observatório espacial é uma estrutura que serve igualmente as ciências espaciais, como é o caso do Instituto de Telecomunicações de Aveiro, assim como indústria aerospacial europeia. Para além do novo telescópio, o local conta com dois radiotelescópios: o Atlas, preparado para gravar todos os sinais do espaço e um outro, cujo objetivo passa por determinar a distribuição de intensidade das emissões de rádio, bem como efetuar comunicações com reflexão lunar ou medir o lixo espacial existente em órbita.

 

Toda a informação na edição impressa e digital de hoje, sexta-feira, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.