Manuel Alegre é sócio honorário da AAC

FOTO DB/PEDRO RAMOS

A Associação Académica de Coimbra (AAC) atribuiu ontem o estatuto de associado honorário ao poeta Manuel Alegre, pelo seu papel na cultura da academia coimbrã e pelo seu papel na resistência ao Estado Novo.

A proposta da Direção-Geral da AAC foi aprovada com 231 votos a favor, 22 abstenções e zero votos contra, em assembleia magna convocada para o efeito (os estatutos da Associação assim o determinam), afirmou à agência Lusa o presidente da AAC, João Assunção.

Na proposta apresentada em Magna, João Assunção realçou a importância de Manuel Alegre na cultura coimbrã (vários dos seus poemas ganharam vida em canções do Fado de Coimbra, como “A Trova do Vento que Passa”), mas também pelo seu papel na resistência contra o Estado Novo e na consolidação da democracia em Portugal.

Versão completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.