Europa financia 1,5 milhões para reflorestação da Tocha

“Foto: DR”

Quatro anos depois dos grandes incêndios de outubro de 2017, acaba de ser aprovada a candidatura a fundos da Europa para reflorestação de cerca de 1.500 hectares do Perímetro Florestal das Dunas de Cantanhede.

O projeto de recuperação resultou de uma parceria da Câmara Municipal de Cantanhede (cujo Gabinete Técnico Florestal elaborou a candidatura) com a Comunidade Local dos Baldios da Freguesia da Tocha e o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

O dinheiro é atribuído através do PDR 2020 – Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020, sob a designação de “ Restabelecimento da Floresta Afetada por Agentes Bióticos e Abióticos ou por Acontecimentos Catastróficos”.

A estratégia de reflorestação “passa pela plantação de árvores, uma vez que a regeneração natural do pinheiro-bravo é manifestamente insuficiente para garantir em condições satisfatórias o repovoamento da zona afetada”, referem os respetivos serviços da autarquia.

Notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.