Espumante a maturar em galerias profundas

“Foto: DR”

Vinhos a maturar em minas desativadas é uma nova experiência que está a ter lugar na Beira Interior.

É um complemento ao projeto de plantação de vinhas em altitude, visitáveis através de roteiros turísticos elaborados pelas Casas de Alpedrinha, alojamento de turismo rural e sustentável.

Numa paisagem onde reinam as redes das Aldeias Históricas, de Montanha e, até, do Xisto, as vinhas estão plantadas a até 700 metros acima do nível do mar, na mais alta região vitivinícola de Portugal.

Todavia, parte da produção armazenada não pode ser vista à superfície, porque se encontra em galerias de minas desativadas de estanho e volfrámio, a 50 metros de profundidade.

Notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.