Cantanhede: Em busca de felicidade… mas com contas certas

Posted by

“Foto: DR”

“Respeito e lealdade” são os valores que matriciais que Helena Teodósio assume na sua vida política. Valores que quer continuar a enfatizar, na missão de criar as “melhores condições para que as pessoas se sintam realizadas e felizes”.

Felicidade! Conceito precioso embora raro, no discurso político. Helena Teodósio não o evita, afirma-o mesmo. Mas sempre estribada na solidez económico-financeira de um município que se distingue pelas boas contas.

Cabe dizer que Helena Teodósio teve o que pode chamar-se um “batismo de fogo”, enquanto presidente da câmara. Isto porque o seu primeiro mandato à frente do executivo foi de tal modo marcado por contrariedades que, no seu discurso de investidura, fez questão de enumerá-las: os incêndios de 2017; a passagem do furacão Leslie e, finalmente, a pandemia.

A tudo isto acorreu a autarquia, que, “apesar do enorme esforço financeiro, e não só, que foi preciso fazer nesse combate, a verdade é que conseguiu cumprir praticamente todas as metas estabelecidas no início do mandato”.

Em detalhe, a presidente especificou que o equilíbrio financeiro do Município saiu, até, reforçado, “com a diminuição da dívida total em quase oito milhões de euros (durante o mandato)”. E mais: nos últimos três anos, a dívida foi 0,59% da média da receita corrente dos três exercícios anteriores, ou seja, cerca de um terço do limite máximo legal admitido, que é de 1,5%.

Para além destes bons indicadores, há ainda a referir que as contas de 2017, 2018, 2019 e 2020 fecharam “sem dívidas a fornecedores e com as faturas de empreitadas entradas até 31 de dezembro desses anos completamente liquidadas”.

Neste contexto, o novo mandato surge bem mais desanuviado – ainda por cima porque tem o respaldo do PRR e de um novo quadro comunitário.

Notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.