UC requalifica Edifício 2 da Faculdade de Psicologia

“DB-Ana Ferreira”

A Universidade de Coimbra (UC) vai financiar com receitas próprias a requalificação do edifício 2 da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC). Serão, de acordo com o reitor da UC, cerca de um milhão e meio de euros para remodelação e conservação de espaços interiores e fachadas do edifício.
“É um investimento que irá dotar a FPCEUC de instalações que eu acredito que não são as suficientes, mas são bem melhores do que aquelas tem hoje. Mas vamos, passo a passo, fazer crescer a faculdade”, garantiu.
Por isso, no início deste ano letivo – no 1.º e 2.º semestres –, haverá necessidade de arranjar soluções para mitigar o problema da ausência de instalações enquanto decorrerem as obras.

Maria Paula Paixão, a nova diretora da FPCEUC que ontem tomou posse, realçou o “considerável esforço institucional que vai ser necessário investir nas profundas reorganizações estruturais e funcionais impostas pela execução das obras”, que têm início previsto para os próximos meses e que terão a duração provável de, pelo menos um ano um ano, impedindo a sua utilização durante esse mesmo período. “No entanto, para que o funcionamento das atividades letivas e de investigação não seja comprometido ou a nossa ação não seja constrangida, vai ser necessária uma enorme congregação de esforços em conjunto com a reitoria, mas estou certa que vamos conseguir levar a bom porto este projeto difícil”, afirmou.

Ao tomar posse, a nova diretora (que sucede no cargo a António Gomes Ferreira), lembrou ainda a necessidade continuar a qualificar docentes.
“E não podemos igualmente esquecer a necessidade premente de atenuar a tendência para o acentuado envelhecimento do corpo docente que tende a prejudicar a dinâmica institucional”, apelou.

Versão completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.