Quatro irmãos vivos com idades entre 90 e 100 anos… e dois ainda conduzem

Posted by

São quatro irmãos vivos com idades entre 90 e 100 anos. Um extraordinário caso de longevidade familiar de que a localidade de Cheira, às portas de Penacova, se orgulha.
Adelaide Flórido é a irmã centenária da família, com aniversário assinalado no passado 7 de março. Seguem-se os irmãos mais novos: Casimiro, de 98 anos; Manuel, de 94 anos; e Lucília, de 90 anos.
Outros dois irmãos da família Nogueira Flórido atingiram, respetivamente, as idades de 103 anos e 94 anos, tendo falecido em 2012 e 2018. Este último viveu cerca de sete décadas amputado de uma perna, vítima de um acidente numa pedreira da antiga empresa Elétrica das Beiras, ocorrido pouco depois do fim da 2.ª Guerra Mundial.
É Manuel que recorda as agruras e as alegrias da sua vida e da dos irmãos, dando graças a Deus pela irmã Lucília, nascida em 1931, ter sobrevivido ao trágico acidente ferroviário de Alcafache, distrito de Viseu, em 11 de setembro de 1985.
Manuel assume-se como uma autêntica memória viva, com todas as datas e nomes – de nascimento, casamento e falecimento de família – na ponta da língua, sem hesitações e com resposta pronta à reportagem do DIÁRIO AS BEIRAS, que o foi encontrar em trabalhos de limpeza de mato num terreno de grande inclinação de que é proprietário na Cheira.
É ali que vive com a mulher – Maria Elisa, de 92 anos – numa humilde casa de piso térreo, embora ao lado tenha construído um prédio de quatro apartamentos que destinou aos quatro filhos. Todavia, nenhum deles ali habita, tendo optado por fazer vida noutras paragens, aquém ou além fronteiras.
Ele próprio foi emigrante em Paris, depois de ter trabalhado na Elétrica das Beiras, onde grande parte dos irmãos também arranjou emprego ao longo de vários anos.

Toda a informação na edição impressa e digital de hoje, sábado, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.