Câmara de Pombal arrenda nove antigas escolas primárias para alojamento local

Posted by

FOTO DR

A Câmara de Pombal vai arrendar nove edifícios onde funcionaram escolas primárias para alojamento local, anunciou hoje aquele município do distrito de Leiria.

Numa nota de imprensa, a autarquia refere que se realizou hoje a hasta pública de arrendamento de antigos edifícios escolares para fins de utilização turística, concretamente alojamento local.

“Após análise das respetivas candidaturas rececionadas, a comissão designada para o efeito procedeu à adjudicação provisória de nove das 11 escolas que se encontravam a concurso”, adianta.

Em causa estão os antigos edifícios escolares de Carvalhal (freguesia de Vila Cã), Zambujais, Gesteira e Tissuaria (Abiul), Barreiras (Redinha), Cavadas, Torneira e Outeiro do Louriçal (Louriçal), e Roubã (União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze).

“Apenas as antigas escolas de Ladeira e Barrosa (União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze) não receberam qualquer proposta”, explica o município, notando que “a adjudicação definitiva será efetuada pelo órgão Câmara Municipal, em reunião do executivo”.

Na sequência de uma primeira hasta pública, já tinham sido adjudicadas as antigas escolas de Alhais e Silveirinha Pequena, na freguesia de Carriço, para o mesmo fim.

“De acordo com o respetivo programa de procedimento, os contratos de arrendamento serão celebrados pelo período de 25 anos, automaticamente renovável por períodos sucessivos de cinco anos, sem prejuízo do exercício do direito de oposição pelas partes contratantes, nos termos da lei”, lê-se na nota de imprensa.

Os valores do arrendamento mensal variam entre os 50 e os 95 euros, acrescentou fonte do município, esclarecendo que os futuros arrendatários terão a seu cargo a adaptação dos edifícios para alojamento local.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.