AFMP investe 3,4 milhões em unidade de cuidados continuados na Figueira da Foz

Posted by

FOTO DB/JOT’ALVES

A Associação Fernão Mendes Pinto (AFMP) vai investir 2,5 milhões de euros na transformação das instalações do antigo Colégio Nossa Senhora do Rosário, em Tavarede, numa Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Saúde.

Isto, além dos 900 mil euros da compra do imóvel, em 2020. Destes, 500 mil foram assegurados por um empréstimo bancário e os outros 400 mil por recursos financeiros próprios.

O presidente da direção da AFMP, José Guerra, adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS que aquele investimento será candidatado ao Programa de Recuperação e Resiliência.

Se este apoio financeiro europeu não for aprovado, o dirigente ressalvou que ainda existe a alternativa de recorrer ao próximo quadro comunitário de apoio, o Portugal 2030. A instituição particular de solidariedade social espera obter um cofinanciamento de 1,5 milhões de euros.

Versão completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.