Mercedes EQA afirma-se como automóvel elétrico de grande autonomia

Posted by

Descrever a experiência de condução de um automóvel totalmente elétrico – como é este caso – tem de ter em conta o tipo de leitor a que se dirige. Tudo depende do grau de informação prévia de cada um sobre mobilidade elétrica.
No caso do test-drive ao Mercedes EQA, essa tarefa fica facilitada, tal é a simplicidade de procedimentos de um dos primeiros modelos totalmente elétricos da marca germânica.
No atual momento da tecnologia elétrica automóvel, a questão da autonomia, e a facilidade/tempo de carregamento, são as questões principais na escolha de um veículo, mas a Mercedes resolve isso em dois tempos: O EQA tem uma autonomia real (embora dependente do tipo de condução) de 426 quilómetros, enquanto o tempo de carregamento em casa com Wallbox – equipamento que custa menos de mil euros – é de 5H45.

Todavia, no ensaio dinâmico realizado pelo DIÁRIO AS BEIRAS – em parceria com o concessionário Sodicentro – o carregamento noturno foi realizado numa vulgar tomada de garagem de potência mínima, que “meteu” cem quilómetros na bateria em nove horas de carregamento. Ou seja, o suficiente para uma utilização diária casa-trabalho nesta região, mas mantendo sempre como reserva os restantes 326 quilómetros!

O ensaio dinâmico realizado pelo DIÁRIO AS BEIRAS foi, contudo, muito mais além. Pretendeu-se fazer um tour entre as duas cidades onde a Sodicentro tem instalações: Coimbra–Leiria, com visita à zona das praias da Costa da Prata.

 

Toda a informação na edição impressa e digital de hoje, terça-feira, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.