Hotelaria e restauração da Figueira da Foz fazem balanço positivo do mês de agosto

Posted by

Arquivo-J.A.

A pandemia e a crise que esta gerou faziam recear que o verão turístico fosse muito pior do que está a ser. No entanto, a procura em agosto superou as expetativas e está a minimizar os efeitos da conjuntura, tanto na hotelaria como na restauração figueirenses.

A extensão dos areais, à semelhança do ano passado, que permite ir a banhos em segurança sanitária, poderá estar a contribuir para a quantidade de turistas que optaram pela antiga Rainha das Praias de Portugal.

“Curiosamente, até estamos a ter um verão positivo, com taxas de ocupação superiores a 80 por cento, e isso é muito bom”, afirmou ao DIÁRIO AS BEIRAS o vice-presidente da Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz para o setor do turismo, Jorge Simões. Aquela taxa de ocupação tem-se mantido desde a primeira quinzena. “A procura para o mês de agosto, toda ela, está a ser bastante positiva”, ressalvou.

Versão completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.