Figueira da Foz cria rede para integrar profissionalmente pessoas com deficiência

Posted by
Spread the love

O município da Figueira da Foz e 11 parceiros da área social assinaram um compromisso para a criação de uma rede de apoio, que visa a integração profissional de pessoas com deficiência e incapacidade, foi hoje anunciado.

Citada em nota de imprensa enviada à agência Lusa, a vereadora da Ação Social do município litoral do distrito de Coimbra, Diana Rodrigues, enumera os três principais objetivos do acordo: partilha de informação e recursos, promoção da qualificação e do emprego e aposta em dinâmicas de inovação social. “No fundo, a rede visa permitir o acesso pleno ao emprego com autonomia, sucesso e verdadeira inclusão”, sublinha Diana Rodrigues.

Segundo o comunicado, o projeto nasceu da vontade de vários parceiros que atuam junto da população-alvo “e passa agora a abranger pessoas com deficiências duradouras físicas, mentais, intelectuais ou sensoriais”, as quais, devido a várias barreiras, vejam “impedida a sua plena e efetiva participação na sociedade em condições de igualdade com os outros”.

De acordo com a nota, a nova rede, que sairá do compromisso agora assinado, pretende gerar “novas soluções, numa lógica complementar às respostas tradicionais”. Nesse sentido e entre outras iniciativas, vão ser criados “circuitos de circulação de informação e partilha de recursos” por parte dos parceiros, “bem como modelos adaptados à qualificação e reconversão” dos destinatários do projeto.

Igualmente citada no comunicado, Carina Santos, do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) da Figueira da Foz, indica que o compromisso permite aos parceiros “agir, definir estratégias, planear e concretizar”, considerando-o “bastante gratificante”.

Para além do município e do IEFP, a rede engloba os agrupamentos de escolas Figueira Mar e Figueira Norte, a escola secundária Dr. Joaquim de Carvalho, a Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz e a CERCIFOZ.

São ainda parceiros do projeto a Segurança Social, a Associação Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal, a Associação Portuguesa de Deficientes e as APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) da Figueira da Foz e de Montemor-o-Velho.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.