Condeixa-a-Nova: Atribuição de medalhas reconhece resiliência das empresas que não fizeram despedimentos

Posted by

FOTO DB/PEDRO RAMOS

Condeixa-a-Nova assinala amanhã, 24 de julho, o Dia do Município. Mantêm-se as limitações devido à covid-19?
As comemorações do Dia do Município vão ser limitadas, embora com maior abertura do que no ano passado, quando colocámos o foco nas homenagens, com atribuição de medalhas de mérito municipal, aos agentes da área da saúde e aos que deram apoio às populações em plena fase pandémica.
Este ano pretendemos abrir as homenagens ao que virá a seguir, integrando o esforço geral do país e do mundo de forma a que a crise sanitária não se transforme em crise económica e social. Nesta perspetiva vamos atribuir a Medalha Municipal de Bons Serviços – Grau Ouro a 17 empresas de Condeixa que têm mais de 30 trabalhadores, reconhecendo o seu esforço por se manterem em atividade e não terem feito despedimentos. Foi este o critério, mas a distinção simboliza todo o tecido empresarial do concelho.
Há que reconhecer que, perante a pandemia, Condeixa não teve um aumento significativo de desemprego.

Mas o município também precisou de financiar as empresas?
Neste contexto, temos um conjunto complementar de apoio às empresas e de ajuda a candidaturas das empresas aos fundos de apoio que existem, nomeadamente através do Gabinete de Apoio ao Investidor. Além disso também atribuímos um apoio de 300 euros a todas as micro e pequenas empresas e negócios. O programa está em vigor e ainda não esgotou a verba para empresas que tiveram que estar fechadas, com exceção dos restaurantes, que já tínhamos apoiado com o serviço take-away, que se prolongou durante quase três meses.

O Governo vai fazer-se representar no Dia do Município?
A sessão é presidida pelo secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho, e vai ainda contar com a atribuição da Medalha Municipal de Bons Serviços aos funcionários que atingem 40 anos de serviço, a que se acrescenta os que fizeram 20 anos de serviço.
A presença do secretário de Estado é também um sinal do reconhecimento que queremos prestar aos funcionários das autarquias, de todo o país, pelo combate que fizeram aos efeitos nefastos da pandemia nas suas comunidades, em que os serviços de apoios essenciais nunca confinaram.
Ainda agora se está a ver essa dedicação dos trabalhores das câmaras na forma como estão a funcionar bem os centros de vacinação. Aqui em Condeixa, a vacinação está a decorrer no pavilhão da Escola Amarela, tendo começado ainda com a aulas de Educação Física a decorrer, mas foi possível conciliar tudo, em parceria com as USF de Condeixa e Fernando Namora e o empenho do vereador Carlos Canais, que é enfermeiro e peça essencial na organização.

Entrevista completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.