Projeto da linha do TGV está a “rearrancar” do zero

Foto Carlos Jorge Monteiro

A localização da futura paragem em Coimbra da linha ferroviária de alta velocidade ainda não está definida e vai ser determinada pelas condicionantes do atravessamento da bacia do rio Mondego, disse o presidente da Câmara Manuel Machado.
Na reunião do executivo, o autarca socialista informou que vão ser retomados os estudos para a construção da futura linha de TGV entre Porto e Lisboa. “Para grande surpresa minha nem sequer existe anteprojeto. Está extremamente atrasado o processo da alta velocidade”, disse Manuel Machado aos jornalistas, dando conta de uma reunião com a Infraestruturas de Portugal (IP), que decorreu nas instalações da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

| Leia notícia completa na edição do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.