Mulher suspeita de ter matado o marido na Murtosa ficou em prisão preventiva

Posted by

Uma mulher de 53 anos suspeita de ter matado o marido há cerca de duas semanas na Murtosa, distrito de Aveiro, foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) e ficou em prisão preventiva, informou hoje aquela polícia.

Em comunicado, a PJ esclarece que a mulher, que se encontrava internada no serviço de psiquiatria do Hospital de Aveiro, foi detida em cumprimento de um mandado de detenção, emitido pelo Ministério Público da Comarca de Aveiro.

O crime ocorreu na madrugada de 21 de maio, na residência do casal, em Outeiro da Maceda, na Murtosa.

Quando os militares da GNR chegaram ao local encontraram o corpo do homem de 57 anos já sem vida, caído no chão, com uma faca e um machado ao seu lado.

Na altura, a GNR referiu que a companheira da vítima foi conduzida ao Hospital de Aveiro por apresentar ferimentos.

Segundo a PJ, a suspeita encontrava-se desde então internada no Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar do Baixo Vouga – Hospital Infante D. Pedro em Aveiro, tendo-lhe sido dada alta médica no dia de ontem [terça-feira].

A detida foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.