Homem em prisão preventiva por abusar sexualmente de duas “netas por afinidade” em Cantanhede

Posted by

DR

Um homem de 65 anos ficou hoje em prisão preventiva por suspeita da prática reiterada de vários crimes de abuso sexual sobre duas crianças em Cantanhede, no distrito de Coimbra, anunciou a Polícia Judiciária (PJ).

Segundo fonte da Diretoria do Centro, o detido é ‘avô’ por afinidade das vítimas, duas raparigas, de 10 e 18 anos, já que é casado há sete anos com uma avó.

“A denúncia partiu da mãe das vítimas, após a mais nova ter revelado os comportamentos abusivos do ‘avô'”, disse a mesma fonte, adiantando que os abusos ocorreram na casa do suspeito, que morava próximo das vítimas.

No caso da criança de 10 anos, a Diretoria do Centro da PJ referiu que os abusos terão começado há cerca de dois anos, enquanto com a mais velha começaram também “entre os 8/9 anos e duraram até aos 15, quando passou a reprimir os abusos”.

A PJ salienta que se trata de um caso recente, com pouco mais de duas semanas, pelo que não é ainda possível fornecer mais alguns pormenores sobre o caso.

No entanto, acrescenta que, “aparentemente, a avó não tinha conhecimento dos abusos praticados”.

O suspeito, de 65 anos de idade, foi detido na terça-feira e presente hoje a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva.

O detido não tem antecedentes criminais e executava pequenos trabalhos de canalização.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.