Consórcio desenvolve dispositivo de proteção para cuidados médicos em pandemia

Posted by

Um consórcio português desenvolveu um equipamento de proteção individual inovador, especialmente pensado para a prestação de cuidados médicos em ambientes em que existe um risco acrescido de contaminação biológica, anunciou hoje a Universidade de Coimbra (UC).

“Eficaz em contexto de pandemia como a atual covid-19”, o novo equipamento de proteção individual (EPI) foi criado por um consórcio que reúne investigadores da Universidade de Coimbra e do Politécnico de Leiria e a SETsa, Sociedade de Engenharia e Transformação S.A., do Grupo Ibermoldes, refere uma nota da UC divulgada hoje.

|Leia a notícia na íntegra na edição de amanhã do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.