Manuel Castelo Branco apresentou candidatura à presidência do IPC

DR- Apresentação decorreu no Museu PO.RO.S, em Condeixa-a-Nova,

Manuel Castelo Branco, que presidiu à Escola Superior de Contabilidade e Administração/Coimbra Business School entre 2010 e 2018, defendeu que o funcionamento do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) deve ser o mais “descentralizado possível”. “A presidência deve ter um papel subsidiário, apenas devendo ter intervenção como “facilitadora” do trabalho das seis escolas.
Para o candidato, que apresentou publicamente a sua candidatura no Museu PO.RO.S, em Condeixa-a-Nova, “é nas escolas e institutos e não nos serviços centrais da presidência que se concentra o prestígio, a história, a reputação e o valor simbólico e de marcado do ensino e da ciência no Politécnico de Coimbra. E são as escolas e institutos que atraem os estudantes e a procura de serviços externos”.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital de amanhã, 5 de maio, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.