Filme “De Corpo e Alma” promove Aldeias Históricas de Portugal

Posted by

O novo filme promocional “De Corpo e Alma”, hoje divulgado, promove as 12 Aldeias Históricas de Portugal, através das personagens históricas dos reis D. Afonso Henriques, D. Dinis e D. Manuel I e do navegador Pedro Álvares Cabral.

O filme, com quase dois minutos de duração e disponível na plataforma You Tube, em https://youtu.be/HmgFV7wsFcQ, começa com a figura não identificada de um rei que ‘chama’ o espetador com a frase “Psst… consegues ver-me?” e, de seguida, diz estar numa ruela, em muralhas e num castelo, com essas paisagens a acompanhar o relato.

As imagens passam, depois, pela conquista e reconquista (com ruído de espadas e batalhas a acompanhar) e a história desenrola-se através de quem “pisou” os caminhos, as “ruas conselheiras” e sentiu “a leveza, o ar puro, a brisa da serra, o cheiro da tradição, as boas gentes, de geração para geração”.

As personagens históricas lembram “o passado e todos os que por cá passaram” e também “o sabor e o saber” da região, assumindo-se, no final, como “a alma das Aldeias Históricas de Portugal”.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, a associação de desenvolvimento turístico que reúne as aldeias de Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso, afirma que o filme “De Corpo e Alma” convida a descobrir “um destino que são 12”.

“Repleto de História, cultura, sabores e aromas, costumes e tradições, para sempre eternizadas na paixão das suas gentes”, acrescenta o comunicado, classificando o filme promocional produzido pela Lobby Films & Advertising, em parceria com as Aldeias Históricas de Portugal como “uma experiência imersiva e sensorial”.

Citado na nota, o realizador Telmo Martins explica que o objetivo “foi criar uma narrativa que seja magnética para quem vê o filme e o arraste, de forma disruptiva, para locais únicos no mundo e para uma história inigualável”.

“O espetador faz uma viagem intensa pelas aldeias, explorando a visão, a audição e o coração. Através da construção de um ambiente próprio, mágico, misterioso, mas também intenso e apaixonante”, assinala Telmo Martins.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.