Dueceira pede rapidez no apoio ao emprego

DR-A Dueceira abrange os municípios de Poiares (foto), Miranda do Corvo, Penela e Lousã

A Associação Dueceira (Grupo de Ação Local) exige que o programa “+CO3SO Emprego” se assuma efetivamente como “verdadeira alavanca para estes territórios contribuindo de forma significativa para a retoma das regiões e país”.
A associação que abrange os municípios de Lousã, Miranda do Corvo, Vila Nova de Poiares e Penela, pretende socorrer-se deste financiamento do Estado, que foi anunciado como “Subvenção para um prazo de 36 meses, não reembolsável, que comparticipa integralmente os custos diretos com os postos de trabalho criados (salários e contribuições para a Segurança Social a cargo do empregador), bem como um adicional de 40% sobre esses mesmos custos.
Terminadas as fases de recepção, análise e decisão dos projectos submetidos ao +CO3SO EMPREGO, foram submetidas 86 candidaturas no território da Dueceira, seja em nome individual, sociedades empresariais, associações privadas sem fins lucrativos e IPSS, num total de montante proposto de aproximadamente 10 milhões de euros.

Aprovação de mais de meia centena de candidaturas
Deste conjunto de projetos, 53 candidaturas foram aprovadas, das quais 21 com dotação financeira, num valor aproximado de 2,5 milhões de euros, que permitem a criação de 46 postos de trabalho, encontrando-se já em fase de execução.

33 candidaturas estão à espera de financiamento
Aguardam ainda financiamento 33 candidaturas que correspondem a 57 postos de trabalho e que correspondem a cerca de três milhões de euros.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.