60% do orçamento do município de Coimbra de 2020 foi para custos sociais

Posted by

O executivo municipal de Coimbra reúne hoje, de forma extraordinária, para analisar o relatório e contas de 2020. Na nota de imprensa enviada pela autarquia, é referido que a maioria da despesa foi direcionada para funções sociais que “tem sido uma prioridade para o atual executivo, adensada pelas medidas adotadas no combate à pandemia da covid-19”.
Na análise feita aos custos das funções municipais, é dito que 48 por cento deles foram direcionados para as funções sociais, a que acresce “a verba investida pela autarquia no custo social dos transportes, no montante de nove milhões de euros”. “Deste modo, em 2020, as funções sociais representaram cerca de 60 por cento dos custos municipais”, frisam.
O documento demonstra ainda “a sólida saúde financeira do município de Coimbra, tendo a maioria dos indicadores económicos melhorado em consequência do contínuo rigor na gestão pública”.
Sobre a dívida a terceiros, ela foi reduzida em cerca de seis milhões de euros, e o passivo, que no seu todo diminuiu cerca de 56 milhões de euros face a 2019. “O município de Coimbra cumpriu todos os limites legais de endividamento, não tem pagamentos em atraso e reduziu o prazo médio de pagamentos para 30 dias, numa medida de apoio à economia local e nacional no atual contexto pandémico”, refere a nota.

Notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.