PSP interrompe ação de plantação de árvores na Portela

Posted by

FOTO DR – PEDRO RAMOS

O movimento “Mondego Vivo” promoveu ontem uma ação de plantação de árvores junto à Ponte da Portela. A iniciativa foi interrompida menos de uma hora depois pela PSP de Coimbra que, no local, identificou os cerca de 30 elementos que ali estavam presentes a abrir buracos e a plantar algumas das árvores que tinham previsto colocar naquela zona.

Após a presença dos agentes da PSP no local, Catarina Silva afirmou aos jornalistas que considerou chocante o facto de a PSP não ter estado presente naquele local quando a câmara “terraplanou sem autorização este terreno e sem que tivesse autorização da Agência Portuguesa do Ambiente (APA)”. “As pessoas que empreenderam esta ação, que eu considero um crime ambiental, não foram identificados e saíram impunes”, referiu, lamentando que quem quis colmatar “uma falha da câmara tenha sido identificado”.

Apesar desta forma de atuação, o movimento afirmou que irá entregar às 16H00 da próxima segunda-feira, 12 de abril, uma carta junto da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) em Coimbra e uma hora depois um dos elementos irá intervir na sessão pública da câmara.

 

Notícia completa na edição impressa e digital

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.