Opinião: Singularidades

Posted by

Que propõe para o desenvolvimento da Morraceira?

Muitas têm sido as vezes que faço referência às diversas singularidades que caracterizam o nosso concelho. É um facto inegável que a nossa geografia e envolvência ambiental abona a nosso favor e deveria ser o pilar fundamental para uma estratégia de desenvolvimento local e regional.

E por aqui me volto a repetir: Qual é a nossa estratégia? O que queremos para a Figueira? Estamos ligados ao mar e ao rio, mas andarmos à deriva e ao sabor do vento, como tem acontecido nos últimos anos, não é um plano. A Ilha da Morraceira é um lugar único. Onde a sua biodiversidade salta à vista e realça a beleza daquele território envolvido pelo rio Mondego.

É naquela Ilha que se encontra um dos nossos motores da economia local, o sal. Pelo menos em tempos foi assim. Agora a visão é outra, ajudar os nossos pequenos empresários não está bem na equação de quem nos governa localmente.

O que interessa é aumentar o betão para, aparentemente, sermos uma cidade descarbonizada e sermos detentores de projetos semelhantes a grandes praças europeias. Além de que, a natureza e as árvores começam a ter um triste fim na Figueira da Foz.
Perante esta realidade atual, assusta-me a questão desta semana. Porque, se a promoção e desenvolvimento daquele monumento natural implicar alterar a sua naturalidade e envolver betão sem se perceber a envolvência e dinâmica do espaço, à semelhança do que temos assistido, mais vale não fazer nada. Para mexer e descaracterizar a zona, como ocorre em outros locais, mais vale estar como está.

Agora se, desenvolver, for sinónimo de ajudar e impulsionar as empresas e os pequenos negócios que resistem no local. Se a intenção for promover e captar mais projetos para ajudar na progressão do que existe e que se faz na Morraceira, todos ganhávamos.

Mas para que isso aconteça, precisamos de quê? Voltamos à questão inicial: Necessitamos de definir o que queremos para o nosso concelho. Qual o caminho que ambicionamos percorrer.

Uma coisa é certa, sem estratégia não existe perspetivas do que queremos e poderíamos ser. Os figueirenses e a Figueira merecem muito mais.

Resta-nos acreditar por um futuro mais promissor para a Ilha e para todos nós!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.