Meio milhão de euros investidos para levar água a 90 casas em Sever do Vouga

Posted by

FOTO DR

O ministro do Ambiente e da Ação Climática justificou hoje com a importância para a Saúde o investimento de quase meio milhão de euros para abastecer água a cerca de 90 casas, em Sever do Vouga, distrito de Aveiro.

“Estes investimentos são fundamentais para garantir a saúde pública de forma direta ao levar água segura às torneiras e com o tratamento de esgotos há uma melhoria da qualidade das massas de água que naturalmente é também muito significativa para a melhoria dessa mesma saúde pública”, disse João Pedro Matos Fernandes.

O ministro falava na cerimónia da inauguração do Sistema de Reserva das Bouças, Sever do Vouga, onde assistiu também à apresentação da empreitada da rede pública de drenagem de águas residuais em Pessegueiro do Vouga, bem como dos projetos de reutilização energética da ETAR Sul de Sever do Vouga.

“A água é obviamente um bem essencial para todos, mas estes investimentos têm um custo, que acaba por ser racional, porque existem 10 municípios agregados que asseguram a robustez financeira a todo este sistema, que permita fazer este investimento, que é tão justo como qualquer outro neste mesmo espaço territorial”, acrescentou.

Antes usara da palavra o presidente da Adra – Águas da Região de Aveiro, Fernando Vasconcelos, que estimou serem precisos 150 anos para amortizar o investimento, se calculado com base no valor da tarifa fixa.

“Estes 500 mil euros significam muito dinheiro por cada uma das casas e por cada uma das pessoas. Fiz as contas àquilo que é a tarifa fixa e verifico que são precisos mais ou menos 150 anos para pagar o investimento aqui feito”, explicou.

Fernando Vasconcelos disse que tal não significa que esse investimento não devesse avançar, até porque a população tem direito a esse serviço básico, mas defendeu que as tarifas têm de ser sustentáveis, sem deixar de considerar o impacto no orçamento familiar.

“Só, de facto, com escala, é que é possível termos este tipo de soluções”, disse.

António Coutinho agradeceu a atuação da Adra no Município, que permite hoje aproximar-se do objetivo formulado há uma década, aquando da adesão, de ter uma cobertura de 90 por cento de abastecimento de água, mas há ainda muito por fazer.

“Quando aderimos à Adra, há cerca de 10 anos, o grande objetivo de Sever do Vouga era o desenvolvimento das redes de água e de tratamento dos resíduos sólidos, mas ainda falta muito, pois ainda há aqui vários sistemas a construir ao nível do saneamento”, observou.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.