Covid-19: Podemos avançar nas medidas de desconfinamento previstas para 2.ª feira

Posted by

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que Portugal pode “dar o passo de avançar” com as medidas de desconfinamento previstas para a próxima segunda-feira.

No final do Conselho de Ministros de hoje, António Costa explicou que “a aplicação combinada dos dois critérios” – incidência e ritmo de transmissão da covid-19 – mantém Portugal “claramente no quadrante verde”.

“Podemos dar o passo de avançar nas medidas de desconfinamento previstas para a próxima segunda-feira”, anunciou.

No entanto, o chefe do executivo avisou que há 19 concelhos no continente acima do limiar de risco de incidência da covid-19, que podem não avançar no desconfinamento, caso a situação se mantenha na próxima avaliação do Governo.

Costa deixar “uma palavra de profundo agradecimento aos portugueses, pela forma como têm conseguido coletivamente controlar esta pandemia”.

“E nesta terceira vaga termos conseguido trazer com grande sacrifício, mas também grande determinação e grande persistência, de dias em que chegamos a ser dos piores do mundo para a situação em que hoje nos encontramos em que no conjunto do espaço económico europeu só a Islândia tem melhores resultados que Portugal”, enalteceu.

Para o primeiro-ministro, estes resultados devem dar orgulho aos portugueses.

“Mas esse orgulho deve ser transformado e convertido em força motivadora para continuarmos a manter o esforço para que não tenhamos ficado parados a marcar passo nem muito menos tenhamos que regredir no que já conseguimos obter e que possamos prosseguir este desconfinamento a conta gotas”, apelou..

Na quarta-feira, o primeiro-ministro já tinha considerado que Portugal está a atravessar um “bom momento” no controlo da epidemia de covid-19 e que o Governo deveria aprovar hoje um novo passo no processo de desconfinamento com efeitos a partir de segunda-feira.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.