Autárquicas: Candidato do PSD quer mais jovens e empresas na Pampilhosa da Serra

Posted by

 

FOTO DR

O candidato do PSD à presidência da Câmara da Pampilhosa da Serra, Jorge Custódio, defendeu hoje que cabe à autarquia “segurar jovens e fixar empresas” no concelho.

Jorge Custódio Alves, de 47 anos, que ocupa o cargo de vice-presidente do executivo municipal, liderado por José Brito, cujos cinco lugares são detidos em exclusivo pelo PSD, desde as autárquicas de 2013.

“Acredito que vamos conseguir fazer muito mais. Mas foi um grande orgulho pertencer a esta equipa de José Brito”, declarou à agência Lusa o candidato social-democrata às próximas eleições autárquicas, que se realizarão em setembro ou outubro, de acordo com a lei.

Validada esta semana pela direção nacional do PSD, a escolha do nome foi aprovada, por unanimidade, pela Comissão Política de Secção da Pampilhosa da Serra, no interior do distrito de Coimbra, e pelo plenário de militantes.

“Por todos é reconhecido pelo seu trabalho, dinamismo e entrega à causa pública. Ao longo dos anos e no desempenho das suas funções autárquicas, esteve sempre disponível e pronto para todos”, salienta a direção concelhia do partido em comunicado.

Jorge Custódio, acrescenta o partido, “sempre pugnou e promoveu projetos diferenciadores e inovadores” para o município, “contribuindo para a notoriedade do mesmo” e apostando no reforço da “marca Pampilhosa da Serra – Centro da Natureza”.

Uma “entrega à causa pública” em que também foi presidente da Junta de Freguesia de Pessegueiro, terra natal dos pais, entre 2001 e 2005.

“Foi com estreita ligação à verdadeira base do poder local – e com o intuito de solucionar as diversas necessidades mais diretas da população – que reforçou e solidificou uma forte ligação às juntas de freguesia do concelho enquanto vice-presidente” da Câmara, acentua o PSD, cuja Comissão de Secção é liderada por Jorge Custódio, que imprime “entrega e carinho (…) em todas as atividades”, no contexto das diferentes coletividades e instituições do concelho.

Se for eleito presidente da Câmara, o candidato vai “tentar dar uma pedrada no charco” na governação municipal a partir da ideia de que “no interior é que está esta virtude do que vem aí”, declarou.

“Sou um otimista convicto quanto ao futuro do interior” sublinhou Jorge Custódio, que tinha uma empresa de projetos elétricos e telecomunicações antes de se dedicar em exclusivo à política.

José Brito, que está a terminar o terceiro mandato consecutivo na presidência da Câmara, é o candidato do PSD à presidência da Assembleia Municipal, num território constituído por oito freguesias e uniões de freguesias cujas juntas são todas lideradas por este partido.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.