Rali de Portugal regressa à região Centro a 21 de maio

Posted by

O Rali de Portugal vai regressar à região Centro, com sete troços, no primeiro dia da prova, a 21 de maio. Lousã, Góis e Arganil recebem duas passagens de cada concorrente, ficando Mortágua com uma passagem antes da super-especial em Lousada encerrar o dia, com 122,88 quilómetros.

Depois do cancelamento da edição de 2020, devido à pandemia de covid-19, o Automóvel Club de Portugal (ACP) apresentou hoje a versão provisória do guia daquela que é a quarta ronda do campeonato do mundo. Em três dias, os pilotos enfrentam um total de 346,26 quilómetros cronometrados, divididos por 21 especiais a percorrer ao longo de três dias de prova, de 21 a 23 de maio.

No sábado, os concorrentes enfrentam o dia mais longo, com 165,16 quilómetros divididos por sete especiais, incluindo uma super-especial de 3,30 quilómetros traçada na Foz do Douro, com os participantes a partirem aos pares.

As restantes são desenhadas entre Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante.

Para domingo, 23 de maio, estão reservados mais seis troços, terminando com a ‘Power Stage’ de Fafe. Pelo meio, os pilotos têm de percorrer ainda os troços de Felgueiras e Montim.

As inscrições terminam no dia 20 de abril, às 18:00.

Em 2019, o estónio Ott Tanak, em Toyota Yaris, venceu a 53.ª edição do Rali de Portugal, acabando por conquistar o primeiro campeonato da sua carreira no final do ano.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.