ANMP diz que maioria das participações sobre corrupção é arquivada

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Manuel Machado, disse ontem que, tanto quanto conhece sobre o relatório do Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), a maior parte das participações são arquivadas.
“Daquilo que tomámos conhecimento, a maioria das investigações das autoridades acabam arquivadas”, afirmou à agência Lusa Manuel Machado, considerando “este dado [do relatório do CPC] importante”.
Mas é igualmente importante “observar que as autarquias” são o setor com “maior número de agentes de política pública”. “Matematicamente, isso é óbvio, há mais autarcas do que deputados, do que ministros, do que diretores gerais ou regionais”, exemplificou.

Notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.