Vila Nova de Poiares aprova lançamento de estudo alternativo à Estrada da Beira

Posted by

João Miguel Henriques

O município de Vila Nova de Poiares, no distrito de Coimbra, aprovou hoje o lançamento do concurso público para a elaboração do estudo de viabilidade de construção de uma alternativa à Estrada da Beira (EN-17).

A futura alternativa prevê uma ligação daquela via com a A-13,IP-3 e IC-6, num traçado a sul do Rio Mondego.

“É um importante passo, na concretização desta solução, mas é apenas a primeira fase, que permitirá desenvolver o estudo de viabilidade técnica”, salienta o presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares, em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo João Miguel Henriques, finalmente parece existir “luz ao fundo do túnel” para concretizar aquele que “é um dos maiores anseios dos poiarenses e de toda a região”.

“Toda a vereação foi unânime em felicitar este ‘desencravar’ de um processo que há tantos anos é legitimamente reivindicado por autarcas e populações e cujo desenvolvimento poderá finalmente resolver o problema das acessibilidades do concelho e da região”, refere o comunicado.

O presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares lembrou a posição ativa do município no desenvolvimento de “várias diligências e diplomacia política ao longo dos últimos anos” sobre o processo, salientando o “caráter solidário” de todos os autarcas da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra que se associaram à defesa desta ligação.

Na semana passada, a Câmara da Lousã também se mostrou satisfeita com o lançamento do concurso público para elaboração do estudo de viabilidade para a construção de uma alternativa à EN17, ligando o concelho a Coimbra.

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra decidiu, no dia 02, lançar um concurso para elaborar o estudo de viabilidade de uma variante à estrada nacional 17 (EN17), ligando Lousã e Vila Nova de Poiares a Coimbra.

“Esta decisão visa a contratação da equipa projetista que irá desenvolver o estudo que, em articulação com os municípios que integram a CIM da Região de Coimbra, avalie as condições de materialização e o investimento associado de uma via que possa constituir uma variante à EN17 [também conhecida por estrada da Beira], a sul do IP3, que garanta as condições de acessibilidade aos concelhos do interior”, afirma aquela associação de municípios em comunicado.

O conselho intermunicipal da CIM aprovou esta decisão, por unanimidade, na sua última reunião, no dia 28 de janeiro, indicando que o valor base do concurso público é de 200 mil euros, mais IVA.

“Serão estudadas alternativas de traçado e respetivas condicionantes que permitam efetuar uma nova ligação entre o nó de Ceira da A13 e a Ponte Velha (Lousã), incluindo também a ligação de Vila Nova de Poiares ao IP3 e IC6”, adianta.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.