Prisão preventiva para suspeito de burla qualificada e falsificação de documentos

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, deteve um homem de 33 anos, pela presumível prática de crimes de burla qualificada e falsificação de documentos. A detenção foi feita em cumprimento de mandado de detenção emitido pelo DIAP de Coimbra, no passado dia 4.
O suspeito, refere a PJ em nota de imprensa, após ter conhecimento da venda dos artigos em sítios na internet, abordava as vítimas e convencia-as a entregarem-lhe esses bens. Para tal, e na sequência de exibição de comprovativos de transferências bancárias falsificados, dava a aparência de ter transferido, para as contas os montantes devidos.

| Leia a notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.