Opinião: Retomar

Posted by

As Eleições Autárquicas devem ser adiadas?

 

Considerando a situação atual, não me parece necessário o adiamento das Eleições Autárquicas. Surgiram-me algumas dúvidas relativamente às Presidenciais, que ocorreram em pleno pico da Pandemia. Contudo, veio a constatar-se que estas eleições de janeiro foram totalmente seguras, organizadas e que não foram causadoras de contágios, tal como provado pelo decaimento dos números de infetados desde então.
Aliás, a palavra “adiar” já se torna extenuante. Desde há um ano que andamos a adiar as nossas vidas sem data certa para as voltarmos a recuperar plenamente! Adiámos casamentos, aniversários, concertos, lições, exames, projetos, comemorações, beijos e abraços!
Está, pois, na hora de planear a retoma dos afetos, da economia, da escola, da festa, da alegria e de todos os sonhos! Estou confiante de que a vacinação irá garantir a tão desejada imunidade de grupo bem antes do esperado e que, neste verão, em Portugal, a pandemia não será mais do que uma má lembrança.
Não obstante, podemos sempre aproveitar a experiência desta estranha época e das últimas eleições para evoluirmos o sistema eleitoral. Julgo que é possível uma votação eletrónica segura e alargar ainda mais a votação antecipada. Esta é uma realidade já em vários países democráticos, como a Austrália, a Bélgica, a Noruega, a Suíça ou o Reino Unido. Entendo mesmo que esta modernização poderá combater a abstenção, em particular na camada mais jovem dos eleitores, que não se sentem seduzidos pelo tradicional sistema de votação.
Por outro lado, com a profusão de redes sociais e a sua constante imersão no dia a dia da grande parte dos portugueses, parece quase inexequível a proibição de propaganda eleitoral na véspera e no dia de eleições, impedindo o cumprimento do dia de reflexão estabelecido pela lei. Na verdade, nos últimos anos, verifica-se uma campanha ativa incontrolável nestes meios, através das partilhas e comentários, até no próprio dia de eleições. Pelo que defendo que esta legislação deve ser revista tendo em consideração os tempos em que vivemos. Concluindo, a palavra de ordem nos dias que correm não pode ser “adiar” mas sim “retomar”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.