Autarca de Soure esclarece polémica sobre alegada ilegalidade de vacinação

Posted by

Arquivo-Mário Jorge Nunes convocou a comunicação social para hoje

A informação anónima denunciando que o presidente da Câmara Municipal de Soure tinha sido vacinado contra a covid-19 antes dos grupos prioritários vai ter hoje uma resposta final do autarca em conferência de imprensa.
Quando, na passada sexta-feira, foi questionado numa reportagem da última edição do “Programa Sexta às 9” da RTP, sobre se já tinha sido vacinado, Mário Jorge Nunes não respondeu diretamente alegando que, perante uma denúncia anónima não tinha de divulgar a sua “situação clínica”, acrescentando: “Não sou médico, nem enfermeiro, nem profissional de saúde de primeira linha, como tal sinto-me confortável com as atitudes que tomo no dia a dia e tenho princípios”.
Todavia, Mário Jorge Nunes respondeu depois, numa caixa de comentários das redes sociais: “não fui vacinado e isso é fácil de comprovar”.
Numa nota enviada à comunicação social, o presidente do Município de Soure (eleito pelo PS) explicou ontem que “depois da emissão da reportagem, tem sido crescente uma onda de ataques pessoais e políticos”, garantindo que, “se necessário for, prescindir dos meus interesses pessoais e autorizar o acesso aos meus dados clínicos”, o que confirmou em resposta ontem ao DIÁRIO AS BEIRAS.

Presidente da Assembleia Municipal reage
Por seu lado, o presidente da Assembleia Municipal de Soure, João Gouveia, (que é também deputado na Assembleia da República) publicou na sua página de facebook um “esclarecimento” referindo que – na sequência de notícias veiculadas no programa “sexta às 9” sobre alegada “vacinação irregular/indevida” de autarcas e dirigentes de IPSS do concelho – “não fui ainda vacinado”, e so será “quando chegar a minha vez”, embora seja presidente das assembleias gerais da Misericórdia de Soure e APPACDM de Soure.

| Leia a notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.