Um jantar solidário organizado pela Mancha Negra que vale muito mais que três pontos

Posted by

DB-Pedro Ramos

“Esta iniciativa vale muito mais que três pontos e é algo que fazíamos sempre, independente da divisão em que esteja a Académica”. As palavras são de Nuno Santos, um dos atuais presidentes da claque Mancha Negra, que desde 1985 apoia a Académica.
A nona edição do jantar solidário da Mancha Negra voltou ontem a levar a quem mais precisa uma refeição quente, completa e marcada pela solidariedade. Em parceria com a Associação Integrar, o jantar solidário contou com várias doações.
“Tivemos a ajuda de muito sócios da Mancha Negra, da Auchan Coimbra, que fez o donativo dos bolos-rei, do Jardim de Infância Capuchinho Vermelho, através de funcionários e pais, da Cafetaria do Zé, que doou pão e bolos, do Restaurante Dona Elvira que fez o jantar, aqui fazemos o embalamento para o take-away, e da Superfrutas, que ofereceu frutas para os cabazes”, contou Filipa Seiça, membro da direção da Mancha Negra.
Pelo menos 70 refeições foram distribuídas, num número que poderá até ser maior. “Temos cerca de 70 pessoas inscritas para receber refeições, mas disseram-nos que pode haver mais e estamos a contar com isso”, garantiu Filipa Seiça.

Pode ler a notícia completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.