Família de Coimbra passa fim de semana “à força” no aeroporto

Posted by

Uma família de Coimbra viu a viagem de regresso, desde Inglaterra, ser adiada por problemas com a realização de teste a covid-19. De Portugal, receberam informação de que poderiam fazer teste à chegada. Mas as autoridades locais foram implacáveis e a solução foi dormir no aeroporto.
O imbróglio atingiu um grupo de portugueses que, ontem, chegou ao aeroporto de Luton (norte de Londres), ainda de madrugada, para o voo da companhia lowcost easyJet com destino ao Porto.
Uma das passageiras, Helena Palrinhas, residente em Santa Clara (Coimbra), contou que só se apercebeu do problema “em cima” da data da viagem de regresso a Portugal, após as festas de Natal. Isto porque, em Inglaterra, vigora a regra de que os passageiros têm de apresentar um teste covid realizado até 72 horas antes do embarque.
Numa primeira fase, Helena Palrinhas – que passou as festas na casa do filho, emigrante, e regressa a Portugal com duas das netas – ainda tentou fazer teste em laboratórios na cidade onde o filho vive. Mas logo percebeu que o resultado não chegaria a tempo do embarque.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.