Diretores afirmam que as escolas são seguras e apenas um se opõe ao fecho

Posted by

Os diretores dos agrupamentos e da escola não agrupada (Secundária Joaquim de Carvalho) do concelho afirmaram ao DIÁRIO AS BEIRAS que as escolas são espaços seguros, devido às medidas sanitárias adotadas. E ressalvam que os casos positivos de covid-19 até agora confirmados em alunos, docentes ou funcionários são importados do exterior, sobretudo, do meio familiar. Não obstante, apenas um se opõe ao encerramento parcial ou total dos estabelecimentos de ensino.
Por outro lado, a maioria dos diretores alerta que, se o Governo decidir fechar as escolas, os alunos carenciados e com dificuldades de aprendizagem serão os mais prejudicados.
José Castanho, que dirige o Agrupamento da Zona Urbana, defendeu que é a favor que se encerrem os “estabelecimentos de ensino a partir do secundário, porque os alunos dos restantes ciclos de ensino ainda não têm autonomia suficiente para ficarem a estudar em casa sem apoio pedagógico” presencial, em particular os mais carenciados.

| Leia a notícia completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.