Natal trouxe maior movimento que a Baixa de Coimbra viu desde o início da pandemia

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

Desde o início da pandemia, em março, que a Baixa de Coimbra não registava tanto movimento e volume de negócio. São os comerciantes que o afirmam, revelando que, nos últimos dias, a atividade deu um “grande salto”.

A afluência é, naturalmente, inferior aos últimos anos mas, ainda assim, este crescimento está a superar as expetativas de quem vive e trabalha no centro histórico da cidade.

Este ano, a perceção geral é que “as pessoas fizeram as compras de Natal com mais antecedência”, fator que terá contribuído para esta boa fase.

Versão completa na edição impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.