Proença-a-Nova transforma antigas escolas primárias em alojamento local

Posted by

A Câmara de Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, vai transformar quatro antigas escolas primárias abandonadas em unidades de alojamento local, foi hoje anunciado.

“O município de Proença-a-Nova vai transformar as escolas primárias de Vale da Ursa, Fórneas, Vergão e Corgas em unidades de Alojamento Local, tendo em conta que estes edifícios, que integraram o Plano do Centenário, encontram-se atualmente abandonados depois de, durante décadas, terem acolhido centenas de crianças no início do seu processo de escolarização”, explica, em comunicado, a autarquia.

O objetivo passa por aumentar e dinamizar a oferta turística no concelho e, através da valorização dos edifícios, pretende-se que a escola volte a abrir portas para receber pessoas.

“Esta iniciativa insere-se na estratégia de reabilitação urbana do município, que pretende intervir, neste caso concreto, em edifícios icónicos nas aldeias, tendo em conta os processos de abandono a que estão votados e contribuindo para reverter esses cenários e incentivar nova vida nas aldeias com a esperada chegada de turistas”, lê-se na nota.

O município de Proença-a-Nova sublinha que irá ser feita uma reorganização e adaptação para que o funcionamento dos edifícios contribua para alojar turistas que visitem o concelho, sendo que irão ter uma capacidade para acomodar duas famílias.

Para além dos interiores, também o exterior será transformado com a construção de uma piscina.

A escola primária de Vale da Ursa será a primeira a ser intervencionada, sendo que o projeto de requalificação já foi realizado pelo município de Proença-a-Nova.

Em muitas outras aldeias, as antigas escolas primárias foram intervencionadas e reconvertidas em sedes das associações locais, acolhendo as suas iniciativas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.