Judo: Catarina Costa em Budapeste para “discutir a medalha de ouro”

Posted by

FOTO ARQUIVO IJF/GABRIELA SABAU

Quais são as expetativas para o regresso do Circuito Mundial de Judo?
Estou, naturalmente, muito ansiosa para este regresso do World Judo Tour. A paragem foi grande para todos os atletas e vai ser muito bom poder assistir ao regresso do judo ao mais alto nível.

Que balanço faz da preparação e dos estágios durante os últimos meses?
A minha preparação, e penso que posso falar também pelo resto da seleção nacional, foi excelente. Tivemos as melhores condições para nos prepararmos, várias semanas de estágio seguidas com grande qualidade, bons atletas e todas as condições de segurança asseguradas.
Sinceramente, acho que dificilmente alguma seleção teve condições tão boas como as que tivemos.

Está no 7.º lugar do Ranking Olímpico e Mundial. Neste momento ocupa um lugar entre as cabeças de série para os Jogos Olímpicos do próximo ano. O objetivo em Budapeste passa por reforçar o seu lugar entre as oito melhores judocas do mundo dos -48kg?
Sim, o objetivo mantém-se. Quero consolidar a minha posição no ranking para poder chegar aos Jogos Olímpicos como cabeça de série e, assim, disputar a prova em Tóquio de outra maneira.

Entrevista completa nas edições impressa e digital do DIÁRIO AS BEIRAS

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.