GNR apreende armas de fogo em caso de violência doméstica na Covilhã

Posted by

A GNR apreendeu, no âmbito de um processo de violência doméstica, no concelho da Covilhã, armas de fogo que eram usadas por um homem para ameaçar a companheira, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Castelo Branco explica que a operação foi realizada na segunda-feira, através dos Postos Territoriais de Tortosendo, Paul e Unhais da Serra.

“No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito, um homem de 53 anos, exercia violência psicológica de forma reiterada, através de ameaças com recurso a arma de fogo e ofensas verbais, perseguindo a vítima, sua companheira de 49 anos”, é referido.

Segundo a GNR, verifica-se “uma escalada do comportamento violento, devido ao consumo abusivo de álcool”.

Nesta operação foi realizada uma busca domiciliária, que permitiu apreender duas espingardas caçadeiras, uma arma de ar comprimido, uma pistola de alarme, e diversas munições de diferentes calibres.

O indivíduo foi constituído arguido e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial da Covilhã.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.