Condenado por abusar de enteada menor na Figueira da Foz

FOTO ARQUIVO DB/PEDRO RAMOS

Tribunal de Coimbra Aproveitava que a namorada estava a lavar a louça, e a filha desta, uma menor de 10 anos, a ver televisão no sofá para cometer os abusos sobre a menina. Foi ontem condenado a uma pena de prisão, suspensa, e ao pagamento de uma indemnização à vítima.
Os crimes de abuso sexual de menor, três no total, ocorreram entre 2015 e 2018, na Gala, no concelho da Figueira da Foz.
Os abusos foram cometidos na casa onde a família habitava. O homem aproximava-se da menina quando esta se encontrava no sofá, “tocava-lhe a acaraciava-a”, enquanto a mãe estava na cozinha a lavar a louça, relatou ontem o presidente do coletivo de juízes, na leitura do acórdão.

Sem arrependimento
“Sabia a idade da criança e fê-lo para sua satisfação pessoal”, num comportamento que “causou transtornos emocionais e psicológicos à menor”, acrescentou o magistrado.
O homem foi condenado, em cúmulo jurídico pelos três crimes, a uma pena única de três anos e meio de prisão. Apesar de “não ter demonstrado arrependimento”, o arguido viu a pena ser suspensa, por um período de cinco anos, tendo em conta que “não tem antecedentes criminais, tem a vida organizada e conta com o apoio do filho e da namorada”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.