Temido apela à prevenção da covid-19 para proteger SNS

Marta Temido apelou ontem à responsabilidade de cada um na prevenção da covid-19 como a “melhor forma de proteger o Serviço Nacional de Saúde” (SNS).
A ministra da Saúde participou na anualcerimónica da rega da Oliveira SNS, a propósito do aniversário do sistema, que já conta com 41 anos.
A resistência e essencialidade do serviço público especialmente em tempo de pandemia foi destacada pelos intervenientes na sessão.
Inês Mesquita, em representação da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), referiu que as fraquezas do SNS estão mais expostas nos últimos meses, mas, por outro lado, a união de todos os profissionais de saúde sem reservas permitiu a resistência do mesmo. “Entendemos que é propósito de Portugal defender o Serviço Nacional de Saúde”, concluiu.
O neto do fundador, António Miguel Arnaut, apelidou os profissionais de saúde de as “novas forças armadas” e enalteceu a capacidade de o SNS ter “conseguido continuar a andar, mesmo com a ferida aberta”.

SNS e covid-19
O vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Cidade, defendeu que, sem o Serviço Nacional de Saúde, o país estava atualmente “em circunstâncias muito mais difíceis” perante a covid-19. “Sabemos, nem tudo está bem, mas sem SNS teria sido pior”, sublinhou. Para o edil, a pandemia destacou o real valor do SNS. Adicionalmente, Carlos Cidade saudou a receção dos doentes covid-19 nos Covões como “uma opção correta que deu resultados”. No entanto, sublinhou que os problemas que existem não podem ser esquecidos.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.